Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.fepecs.edu.br:8443/handle/123456789/1026
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Title: Conhecimento e práticas dos profissionais da Atenção Primária à Saúde acerca das disfunções do assoalho pélvico
Other Titles: Knowledgde and practices of Primary Health Care professionals about pelvic floor dysfunctions
metadata.dc.creator: Ferreira, Marisa de Fatima
Machado, Alexandre Vaz
Borges, Dayane Santos
metadata.dc.description.resumo: Objetivo: compreender o nível de conhecimento e as práticas utilizadas pelos profissionais da Atenção Primária à Saúde (APS) da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) sobre as Disfunções do Assoalho Pélvico (DAP). Métodos: estudo de campo de natureza descritiva e abordagem quantitativa, realizada em três Unidades Básicas de Saúde (UBS) da Região Norte da SES-DF. Para a análise dos dados, todas as informações extraídas dos questionários foram analisadas, organizadas, codificadas e categorizadas pelos autores. Para coleta de dados foi utilizado o software Survey Monkey, com base em estatística descritiva, valendo-se de frequência absoluta, média e porcentagem. Resultados: participaram do estudo 19 profissionais, 57,9% desses trabalham há mais de 10 anos na região. Foi identificado que 68,4% dos profissionais entendem sobre a funcionalidade e DAP, e 47,4% conhecem as estruturas pelas quais ele é formado. No entanto, apenas 36,8% realizam promoção e prevenção das DAP, investigando durante o acolhimento. Conclusão: os profissionais participantes deste estudo se mostraram instruídos com relação ao contexto geral das DAP e quanto às orientações para prevenção destas disfunções, no entanto, esse conhecimento não se reflete na prática clínica, pois há pouca investigação durante as consultas de rotina, o que pode estar relacionado à forte pressão assistencial e gravidades patológicas atravessadas pelo território. Portanto, salienta-se a importância da educação permanente em saúde para o preenchimento destas lacunas, mudanças nas práticas dos profissionais e transformação dos processos de trabalho.
Abstract: Objective: to understand the level of knowledge and practices used by Primary Health Care (PHC) pro-fessionals from the Health Department of the Federal District (SES-DF) on Pelvic Floor Dysfunctions (PAD).Methods: a descriptive field study with a quantitative approach carried out in three Basic Health Units (UBS) in the North Region of SES-DF. For data analysis, all information extracted from the questionnaires was analyzed, organized, coded and categorized by the authors. Survey Monkey software was used for data collection, based on descriptive statistics, using absolute frequency, mean and percentage. Results: 19 professionals participat-ed in the study, 57.9% of whom have been working in the region for more than 10 years. It was identified that 68.4% of professionals understand functionality and DAP and 47.4% know the structures by which it is formed. However, only 36.8% carry out promotion and prevention of PAD, investigating during reception. Conclusion:the professionals participating in this study were educated regarding the general context of PAD and regarding the guidelines for preventing these disorders, however, this knowledge does not reflect in clinical practice, as there is little investigation during routine consultations about what may be related to strong care pressure and pathological severities crossed by the territory. Therefore, the importance of permanent health education to fill these gaps, changes in professionals’ practices and transformation of work processes is highlighted.
Keywords: Modalidade de fisioterapia
Assoalho pélvico
Atenção primária à saúde
Distúrbios do assoalho pélvico
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Escola Superior de Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.initials: ESCS
Citation: FERREIRA , M. F.; MACHADO , A. V. .; BORGES , D. S.. Conhecimento e práticas dos profissionais da Atenção Primária à Saúde acerca das disfunções do assoalho pélvico. Health Residencies Journal - HRJ, [S. l.], v. 4, n. 21, 2023. DOI: 10.51723/hrj.v4i21.907. Disponível em: https://escsresidencias.emnuvens.com.br/hrj/article/view/907. Acesso em: 25 abr. 2024.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.fepecs.edu.br:8443/handle/123456789/1026
Issue Date: 27-Nov-2023
Appears in Collections:Saúde da Família e Comunidade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HRJ_v4n21_05_Conhecimento-e-praticas-dos-profssonais-da-APS_01.pdfARTIGO_HRJ_RES_conhecimentoepraticasdosprofissionais260,75 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.