Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.fepecs.edu.br:8443/handle/123456789/987
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorMenezes, Kátia Rodrigues-
dc.creatorNovaes, Maria Rita Carvalho Garbi-
dc.date.accessioned2024-04-16T18:34:43Z-
dc.date.available2024-04-21-
dc.date.available2024-04-16T18:34:43Z-
dc.date.issued2022-07-22-
dc.identifier.citationMENEZES, K. R.; NOVAES, M. R. C. G. Satisfação e autonomia docente em instituição de ensino superior em enfermagem. Comunicação em Ciências da Saúde, Brasília, v. 33, n. 03, 2022. DOI: 10.51723/ccs.v33i03.930. Disponível em: https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/article/view/930. Acesso em: 16 abr. 2024.pt_BR
dc.citation.volume33pt_BR
dc.citation.issue3pt_BR
dc.citation.spage137pt_BR
dc.citation.epage148pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.fepecs.edu.br:8443/handle/123456789/987-
dc.description.abstractObjective: to analyze the degree of satisfaction of undergraduate nur-sing professors at a public institution, correlating autonomy and job satisfaction. Method: descriptive, cross-sectional, quantitative study, whose data un-derwent descriptive statistics and parametric tests. Results: 77 teachers participated who showed moderate global satisfac-tion and greater satisfaction in the relationship with students. There was no statistical relationship between satisfaction and the study variables,but the correlation between autonomy and satis-faction was significant. Conclusion: teacher autonomy was positively correlated with job satisfaction,being pointed as an influence on teachers’ satisfaction. The empowerment of autonomy can greatly contribute to job satisfaction.pt_BR
dc.description.resumoObjetivo: analisar o grau de satisfação dos docentes de graduação em enfermagem de instituição pública, correlacionando autonomia e satisfação profissional. Método: estudo descritivo, transversal, quantitativo, cujos dados passa-ram por estatística descritiva e testes paramétricos. Resultados: participaram 77 docentes que demonstraram moderada satisfação global e maior satisfação no relacionamento com os alunos. Não houve relação estatística entre satisfação e as variáveis do estudo, mas a correlação entre autonomia e satisfação foi significativa. Conclusão: o estudo apontou que a maior satisfação dos docentes está ligada aos fatores intrínsecos ao trabalho. A autonomia docente correlacionou-se positivamente à satisfação no trabalho, sendo apontada como uma influência para a satisfação dos docentes. A potencialização da autonomia pode contribuir sobremaneira para a satisfação no trabalho.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherEscola Superior de Ciências da Saúdept_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsESCSpt_BR
dc.relation.ispartofComunicação em Ciências da Saúdept_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectSatisfação no empregopt_BR
dc.subjectDocentes de enfermagempt_BR
dc.subjectEducação em enfermagempt_BR
dc.subjectEducação superiorpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEMpt_BR
dc.titleSatisfação e autonomia docente em instituição de ensino superior em enfermagempt_BR
dc.title.alternativeTeacher satisfaction and autonomy in a higher education institution in nursingpt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.rights.holderOs direitos autorais são de propriedade exclusiva da CCS, transferidos por meio de Declaração de Autoria e Transferência de Direitos Autorais disponibilizada aos autores no momento da submissão. É permitida a reprodução total ou parcial dos trabalhos desde que identificada a fonte e a autoria.pt_BR
Appears in Collections:Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CCS_v33n3_13_ID-930.pdfARTIGO_CCS_satisfacaoeautonomiadocente101,97 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.