Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.fepecs.edu.br:8443/handle/123456789/764
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorEscola Superior de Ciências da Saúde-
dc.date.accessioned2023-10-31T14:20:47Z-
dc.date.available2023-11-05-
dc.date.available2023-10-31T14:20:47Z-
dc.date.issued2018-02-
dc.identifier.citationESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE. Locomoção e preensão: manual do tutor: módulo 207. Brasília: FEPECS, 2018. 29 p.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.fepecs.edu.br:8443/handle/123456789/764-
dc.description.resumoA locomoção humana, o andar e correr, é um comum e repetitivo movimento voluntário que o ser humano executa. Comum, porque desde o seu aparecimento na terra ele se utiliza deste meio de locomoção. No início por necessidade de sobrevivência, pois era o único meio de transporte utilizado. Depois, com a evolução dos meios de locomoção, o que era necessidade de sobrevivência passou a ser necessidade de vida saudável. Os movimentos de locomoção são altamente variáveis, não somente entre indivíduos, mas para um mesmo indivíduo a diferentes velocidades e de apoio para apoio. Além disso é um processo complexo que necessita de um elaborado controle do sistema músculo - esquelético e sistema nervoso. Conclui-se então que a locomoção não é um único fenômeno, mas muitos fenômenos interligados, constituindo-se um movimento de estrutura complexa para análise e interpretação. Movimentos mais apurados e a preensão já incorporada ao melhor desenvolvimento neuromotor deram um status de liderança ao homem moderno. Isto tudo possibilitou um nível mais complexo de organização social. Embora, duas pessoas não possam se locomover de maneira idêntica, existem certas características da locomoção que são universais, e estes pontos similares servem como base para a descrição cinemática, dinâmica e atividade muscular entre outros. Entre os mamíferos, o modo de locomoção terrestre bípede a passos largos é único da linha evolutiva humana e pode ter sido a mudança chave que tornou possível a evolução de outras características distintamente humanas. O pé é considerado a parte mais tipicamente humana da anatomia do homem, constituindo o sinal principal e distinto que separa o homem de outros animais. As características humanas tais como a perfeição de mãos que utilizam ferramentas e assim indiretamente, provavelmente estimularam a evolução de encéfalos anteriores cada vez maiores. Além das mudanças no pé, a evolução do modo de caminhar bípede a passos largos, a partir do modo quadrúpede dos antropoides, necessitou de maior reorganização na estrutura e função da pelve e dos ossos da perna e de seus músculos associados. O estudo dos movimentos do aparelho locomotor, esta correlacionado ao conhecimento anatômico. A anatomia dos músculos, ligamentos, tendões e ossos deve ter um lugar de destaque no aprendizado contemporâneo do estudante de medicina.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherEscola Superior de Ciências da Saúdept_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsESCSpt_BR
dc.rightsAcesso Restritopt_BR
dc.subjectLocomoçãopt_BR
dc.subjectPreensãopt_BR
dc.subjectDesenvolvimento neuromotorpt_BR
dc.subjectAparelho locomotorpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDEpt_BR
dc.titleLocomoção e preensão: manual do tutor: módulo 207pt_BR
dc.title.alternativeMódulo 207: locomoção e preensão: manual do tutorpt_BR
dc.typeMódulopt_BR
dc.audience.educationlevelEnsino superiorpt_BR
Appears in Collections:Módulos 2016 - 2020

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mod_207_Tutor.pdf
  Restricted Access
MODULO_ESCS_MED_locomocaoepreensaotutor790,97 kBAdobe PDFView/Open Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.