Please use this identifier to cite or link to this item: http://10.233.90.10:8080/jspui/handle/prefix/61
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: A adesão de medidas neuroprotetoras em uma unidade de terapia intensiva do DF
Other Titles: The adhesion of neuroprotective measures in a DF intensive care unit
metadata.dc.creator: Ramos, Sarah Júlia dos Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: Reis, Karine Marques Costa dos
metadata.dc.contributor.advisor2: Muniz, Marcela Vilarim
metadata.dc.description.resumo: INTRODUÇÃO: Atualmente o Traumatismo Cranioencefálico (TCE) tem alta morbimortalidade no Brasil e no mundo, afetando em sua maioria a faixa etária ativa da sociedade. Medidas de neuroproteção através de protocolos hospitalares se mostraram eficientes para minimizar complicações. OBJETIVO: Identificar a adesão ao protocolo de atendimento ao traumatismo cranioencefálico grave na unidade de terapia intensiva Neurotrauma do IHBDF. MÉTODO: Foi realizado um estudo prospectivo com avaliação de 21 pacientes, no período de Abril/Junho de 2018 utilizando dois instrumentos elaborados pelos autores: um check list com as medidas de neuroproteção e outro com variáveis independentes. O estudo foi realizado em unidade de terapia intensiva especializada no cuidado de pacientes com traumatismo cranioencefálico. RESULTADOS: A análise mostrou predominância no sexo masculino, a faixa etária mais atingida é de 21 a 40 anos, a etiologia de maior prevalência são acidentes de trânsito com apenas um tipo hematoma cerebral, a população mais acometida estudou até ensino fundamental, a maioria é submetida a procedimento cirúrgico. Em relação as medidas neuroprotetoras houve maior adesão de intubação orotraqueal e ventilação mecânica e menor adesão da pressão parcial de gás carbônico. CONCLUSÃO: A pesquisa demonstrou que a adesão ao protocolo de neuroproteção na unidade é escassa. As medidas que não apresentaram adesão foram a PAM, TAX e cabeceira elevada, o qual fazem parte dos cuidados de enfermagem da unidade. Nesse sentido, o estudo demonstra a importância da valorização e treinamento da equipe de enfermagem, minimizando os obstáculos importantes do cuidado ao indivíduo internado em unidade crítica.
Abstract: INTRODUCTION: Currently traumatic brain injury (TBI) has high morbidity and mortality in Brazil and in the world, affecting mostly the active age group of the society. Neuroprotection measures through hospital protocols proved to be efficient in minimizing complications. OBJECTIVE: To identify adherence to the protocol for the treatment of severe traumatic brain injury in the Neurotrauma intensive care unit of the IHBDF. METHODS: A prospective study with 21 patients was performed in April / June 2018 using two instruments developed by the authors: one checklist with neuroprotection measures and another with independent variables. The study was carried out in an intensive care unit specialized in the care of patients with traumatic brain injury. RESULTS: The analysis showed predominance in males, the most affected age group is 21 to 40 years, the most prevalent etiology is traffic accidents with only one hematoma in the imaging tests, the most affected population studied until elementary school, the majority is submitted to a surgical procedure. Regarding the neuroprotective measures, there was greater adhesion of orotracheal intubation and mechanical ventilation and lower adhesion of partial pressure of carbon dioxide. CONCLUSION: The research demonstrated that adherence to the neuroprotection protocol in the unit is scarce. The measures that did not show adherence were MAP, TAX and high head, which are part of the unit's nursing care. In this sense, the study demonstrates the importance of valuing and training the nursing team, minimizing the important obstacles of care to the individual hospitalized in a critical unit.
Keywords: Neuroproteção
Unidade de terapia intensiva
Hipertensão intracraniana
Traumatismo encefálico
Cuidados de enfermagem
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Escola Superior de Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.initials: ESCS
metadata.dc.publisher.department: Coordenação do Curso de Enfermagem
Citation: RAMOS, Sarah Júlia Santos; REIS, Karine Marques Costa dos; MUNIZ, Marcela Vilarim. A adesão de medidas neuroprotetoras em uma unidade de terapia intensiva do DF. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Coordenação do Curso de Enfermagem, Escola Superior de Ciências da Saúde, Brasília, 2018.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://10.233.90.10:8080/jspui/handle/prefix/61
Issue Date: 10-Oct-2018
Appears in Collections:TCC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Sarah Júlia dos Santos Ramos.pdfRAMOS, SARAH - TCC ENF204,03 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.