Please use this identifier to cite or link to this item: http://10.233.90.10:8080/jspui/handle/prefix/25
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Idosos vítimas de trauma internados na unidade de terapia intensiva e relação entre idade, comorbidades, complicações e desfechos clínicos: um estudo retrospectivo analítico
metadata.dc.creator: Costa, Ana Cristina Carvalho da
metadata.dc.contributor.advisor1: Fortes, Renata Costa
metadata.dc.description.resumo: Introdução: Com o envelhecimento populacional, o trauma em idosos tem aumentado de forma significativa, gerando consequências físicas, psicológicas e financeiras. Objetivo: O estudo teve como objetivo investigar as principais intercorrências e o desfecho clínico de idosos vítimas de trauma internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital público do Distrito Federal. Metodologia: Estudo retrospectivo analítico, de abordagem quantitativa, cuja coleta de dados foi realizada na UTI do Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal (SES/DF) no período de abril a outubro de 2014. Informações sociodemográficas, relacionadas ao mecanismo do trauma, comorbidades associadas, tempo de internação, uso de dispositivos invasivos, drogas vasoativas e sedativos, complicações e desfechos clínicos dos idosos internados por causas traumáticas entre julho de 2012 e julho de 2014 foram coletadas por meio de prontuário informatizado TRACKCARE®. Resultados: A amostra foi composta por 91 idosos, com prevalência do sexo masculino e da queda, como mecanismo de lesão. As principais intercorrências foram: infecção pulmonar, traqueostomia decorrente de intubação prolongada ou falha de extubação, choque séptico, uso de hemoderivados e insuficiência renal aguda, em sua maioria com necessidade de suporte dialítico. A maioria dos idosos sobreviveu ao evento traumático, entretanto observou-se alta mortalidade, que esteve associada ao sexo masculino, às causas externas, à gravidade do trauma sofrido e às complicações apresentadas durante a internação na UTI, em especial o choque séptico de foco pulmonar e a diálise. Conclusão: Pesquisas adicionais referentes à internação na alta complexidade, a fim de assistir melhor o idoso traumatizado, valorizando suas particularidades fisiológicas para melhor enfrentamento ao trauma, melhor prognóstico e maior sobrevida, tornam-se imprescindíveis.
Abstract: Introduction: With the population aging, trauma in the elderly has increased significantly, generating physical, psychological and financial consequences. Objective: This study aimed to investigate the main complications and clinical outcome of elderly trauma victims admitted to the Intensive Care Unit (ICU) of a public hospital in Distrito Federal. Methodology: Analytic retrospective study with a quantitative approach, in which data collection was performed in the ICU of the Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) the Secretary of State of Health of Distrito Federal (SES/DF) in the period April to October 2014. Sociodemographic information, related to the mechanism of injury, associated comorbidities, length of stay, use of invasive devices, vasoactive drugs and sedatives, complications and clinical outcomes of elderly patients hospitalized for traumatic causes between July 2012 and July 2014 were collected through electronic medical record TRACKCARE®. Results: The sample consisted of 91 elderly, with a prevalence of male and fall, as the mechanism of injury. The main complications were pulmonary infection, tracheostomy due to prolonged intubation or extubation failure, septic shock, blood transfusion and acute renal failure, mostly in need of dialysis support. Most elderly people survived the traumatic event, however there was a high mortality rate, which was associated with males, external causes, the severity of trauma and the complications experienced during the ICU stay, especially septic shock pulmonary focus and dialysis. Conclusion: Further research relating to admission to the high complexity in order to better assist the elderly injured, valuing their physiological characteristics to better coping with trauma, better prognosis and longer survival, become indispensable.
Keywords: Idoso
Unidade de terapia intensiva
Mortalidade
Trauma
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Escola Superior de Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.initials: ESCS
Citation: COSTA, Ana Cristina Carvalho da. Idosos vítimas de trauma internados na unidade de terapia intensiva e relação entre idade, comorbidades, complicações e desfechos clínicos: um estudo retrospectivo analítico. 2015. 107 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências para a Saúde), Escola Superior em Ciências da Saúde - ESCS, Brasília, 2015.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://10.233.90.10:8080/jspui/handle/prefix/25
Issue Date: 27-Mar-2015
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação completa.pdfCosta, Ana Cristina - Mestrado profissional2,24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.