Please use this identifier to cite or link to this item: http://10.233.90.10:8080/jspui/handle/prefix/101
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Title: Avaliação das boas práticas de atenção ao parto por profissionais dos hospitais públicos do Distrito Federal, Brasil
Other Titles: Avaliação das boas práticas de atenção ao parto por profissionais dos hospitais públicos do Distrito Federal, Brasil
metadata.dc.creator: Carvalho, Elisabete Mesquita Peres de
Amorim, Fábio Ferreira
Santana, Levy Aniceto
Gottems, Leila Bernarda Donato
metadata.dc.description.resumo: O objetivo deste artigo é avaliar a adesão às boas práticas de atenção ao parto e nascimento, entre médicos, enfermeiros e residentes dos programas de residência em obstetrícia, dos hospitais públicos do Distrito Federal (DF). Estudo transversal do tipo inquérito aplicado a profissionais em 11 hospitais públicos do DF de janeiro a março de 2015. Instrumento com 20 questões sociodemográficas e 39 itens do tipo escala Likert. Para análise estatística, os profissionais foram separados em 4 grupos (enfermeiros, enfermeiro residentes, médicos e médicos residentes). Foram também avaliados os escores de cada hospital estudado. A dimensão processo de trabalho apresentou os maiores escores em relação as demais dimensões. Na comparação entre os grupos e entre os hospitais não foram observadas diferenças significativas em nenhuma das dimensões. A maioria dos profissionais estimula o parto natural. É necessário reforçar as ações para maior adesão às boas práticas de atenção ao parto, tanto na organização da rede de serviços quanto nas atitudes e valores da formação dos novos profissionais de saúde.
Abstract: Objective: To assess adherence to best practices in labor and childbirth care by doctors, nurses, obstetric nursing residents, and obstetric medical residents working in public hospitals in the Federal District of Brazil. Method: A cross-sectional study was conducted with care providers working in 11 public hospitals in the Federal District of Brazil between January and March 2015. A questionnaire containing 20 sociodemographic questions and 50 five-point Likert items was administered. The average scores of each group and each hospital were analyzed. Results: Nurses obtained the highest scores for the use of evidence-based practices (57.8 ± 12.9), while doctors achieved the highest scores for the work process dimension (72 ± 8.5). Medical residents obtained the highest scores for organization of labor and childbirth care (56.5 ± 8.5). No statistically significant differences were found between groups. Hospital scores ranged from 55 to 64. No statistically significant differences were found between hospitals. Most professionals encourage natural childbirth. Conclusion: It is necessary to strengthen actions to promote greater adherence to best care practices, both in relation to organization of labor and childbirth care and to the attitudes and values of health professionals.
Keywords: Saúde da mulher
Conhecimento, prática em saúde
Parto humanizado
Serviços de saúde, pesquisa
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::SAUDE MATERNO-INFANTIL
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Associação Brasileira de Saúde Coletiva
metadata.dc.publisher.initials: ABRASCO
Citation: CARVALHO, E. M. P.; AMORIM, P. F.; SANTANA, L. A.; GOTTEMS, L. B. D. Avaliação das boas práticas de atenção ao parto por profissionais dos hospitais públicos do Distrito Federal, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva. v. 24, n. 6. 2019. DOI: 10.1590/1413-81232018246.08412019. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v24n6/1413-8123-csc-24-06-2135.pdf. Acesso em 9 jan. 2020.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://10.233.90.10:8080/jspui/handle/prefix/101
Issue Date: 10-Jun-2019
Appears in Collections:Artigos publicados em periódicos - MP

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1413-8123-csc-24-06-2135.pdfARTIGO_avaliacaodasboaspraticasdeatencaoaoparto154,99 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.